segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

E então é Natal...


Então já é natal. Aquela época que muita gente aproveita para repensar a vida, o ano que está acabando, as relações com as pessoas e coisas que passaram e estão e se promete melhorar pro ano que vem.
:)
Que assim seja para quem se propor este pensamento.

Mas, para quem se propõe este pensamento então, eu queria propor um outro:

Que vc possa fazer esta análise todos os dias do ano que vem, quando deitar sua cabeça no travesseiro antes de dormir. 

Fica muito mais fácil analisar um dia de cada vez e se propor melhorias a cada dia que passa, ao invés de analisar tudo ao final de um ano inteiro. Nossa memória é seletiva demais, apesar dos bons esforços.

Que vc se perdoe, se permita, de transforme, se melhore e tenha sempre muita força de vontade, amor, compreensão e respeito por tudo. Por essa vida (e vidas) linda que Deus nos deu.


conselho de um sábio doguinho!

Que ano que vem vc volte aqui, continue com a gente lendo, ajudando, chorando, sorrindo, propondo e participando. 

Que ano que vem vc seja mto mais feliz, realizada (o)  e grata (o) por tudo!!

Eu sou, a vcs, que aparecem por aqui, me enchem com doces palavras e me fazem querer continuar com esse humilde bloguinho!

Um super beijo e até 2013!


Vanilla, a linda gatinha da minha amiga Angela pronta pra receber o Noel!



Fifi modelo noel - nossa linda gatinha Felv+, ceguinha e muuuuuuito amada do AUG. Será que em 2013 ela vai ganhar uma casa?

a bebê pilar com seu noel especial - o Guigo! Vai dizer se não é mto mais delícia que o bom velhinho? Que um destes desça pela minha chaminé imaginária!


 Lilly, Frajola, Ginger (Ex Gorda, do AUG) e Noah acham que são enfeite natalino!


príncipe Shrek dormindo gostoso, mas vestido a caráter pra receber o natal!


e a princesa Fiona tb na versão lady natalina esperando o bom velhinho!

nossa toda especial e linda rena, a Dolly. Ela está na Acãochego esperando a chance de ganhar uma casinha tb. Será que eu 2013 o papai noel vai conseguir dar uma casinha para essa fiel reninha!?


Billy foi claramente manipulado para sair na foto de gorrinho, mas o que importa é que ele ficou fofo demais de papai noel!


Como os meus meninos não tiraram foto esperando o Noel, aqui vai uma versão with lasers, pq natal é luz! 

Wishlist - Pearl Jam


Wish List - Pearl Jam

I wish I was a neutron bomb
For once I could go off
I wish I was a sacrifice
But somehow still lived on

I wish I was a sentimental
Ornament you hung on
The Christmas tree, I wish I was
The star that went on top

I wish I was the evidence
I wish I was the grounds
For fifty million hands up raised
And opened toward the sky

I wish I was a sailor with
Someone who waited for me
I wish I was as fortunate
As fortunate as me

I wish I was a messenger
And all the news was good
I wish I was the full moon shining
Off a camaro's hood

I wish I was an alien
At home behind the sun
I wish I was the souvenir
You kept your house key on

I wish I was the pedal break
That you depended on
I wish I was the verb to trust
And never let you down 

I wish I was the radio song
The one that you turned up
I wish, I wish, I wish, I wish
I guess it never stops

Lista de Desejos


Eu queria ser uma bomba de nêutrons
Para que uma vez eu pudesse falhar
Eu queria ser um sacrifício
Mas que, que de alguma maneira, ainda vivesse


Eu queria ser um enfeite
Sentimental que você pendurasse
Na árvore de Natal, eu queria ser
A estrela que ficasse lá em cima


Eu queria ser a evidência
Eu queria ser os motivos
Para 50 milhões de mãos erguidas
E abertas em direção ao céu


Eu queria ser um marinheiro com
Alguém que esperou por mim
Eu queria ser tão feliz
Tão feliz quanto eu mesmo


Eu queria ser um mensageiro
E que todas as notícias fossem boas
Eu queria ser a lua cheia brilhando
No capô de um Camaro


Eu queria ser um alienígena
Em casa atrás do sol
Eu queria ser a lembracinha
Na qual você mantém suas chaves de casa


Eu queria ser o pedal do freio
Do qual você dependesse
Eu queria ser o verbo "confiar"
E nunca lhe decepcionar


Eu queria ser a música no rádio
Aquela que você sintonizou
Eu queria, eu queria, eu queria, eu queria...
Eu acho que isso nunca acaba



é o meu maior desejo para todos! :)



terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Pra acabar DE VEZ com o mito Gravidez x Gatos x Toxoplasmose e outros...

Certa Feita a Paula, uma voluntária do AUG, se predispôs a responder a um e-mail de uma recém mamãe cheia de dúvidas em relação a Toxoplasmose, adaptação da gatinha dela ao bebê e vice-versa, opinião da família, depressão da gatinha após o parto e outras caraminholas que pessoas com preconceito e pouco conhecimento no assunto estavam colocando na cabecinha dela.

Não vou mudar uma palavra. Vou postar tal e qual a Paula escreveu para a moça, porque ela não poderia ter sido mais amorosa, didática, correta e humana nesta resposta.

Palmas para a Paula, que faz isso na esperança de trazer luz para as mamães desesperadas que se consultam com médicos equivocados e estão cercadas de pessoas igualmente equivocadas. 

Tem muito médico - e não médico metido a sabetudo - por aí que não tem nem ideia do que fala e acaba alimentando preconceitos e prejudicando tantos gatinhos, que perdem seus espaços para os bebês porque algumas mamães compram as conversinhas.

Quem quiser tirar mais alguma dúvida com a Paula, aliás, manda um e-mail para o avidacomgatos@gmail.com ou deixa um comentário aqui!

Conheçam a Paula, ainda com a bebê Pilar na barriga:


"Oi!


Tudo bem?

Tenho tantas coisas para dividir com vc, que nem sei por onde começar! Rsss

Acho importante explicar que essa questão de gatos e toxoplasmose não é nada do que pintam... Para se contrair a doença de um gato, ele precisa estar contaminado e vc precisa limpar as fezes dele - expostas há mais de 72 horas - com as mãos e depois colocá-las na boca, ou seja, praticamente impossível. Além disso, o gato só se contamina uma vez na vida e elimina o bichinho por cerca de 10 dias nas fezes. Depois disso fica imune e não contamina mais ninguém. Em outras palavras, se o exame da sua gata desse positivo e ela estivesse com vc há mais de um mês, ela não iria mais transmitir nada...

Prova disso é que eu tenho 10 gatos em casa, cuidei de centenas deles no abrigo, resgatei vários, mesmo grávida, e meus exames continuam negativos. Resgatei uma gatinha de 10 dias no último mês de gravidez e a criei na mamadeira, de 3 em 3 horas, mesmo com o barrigão, durante madrugadas a fio e nada aconteceu.

Fui muito, muito, muito criticada por causa disso e essa é a segunda coisa que eu gostaria de lhe falar. Todos sempre terão um palpite, uma dica, uma opinião sobre a sua vida. Com filhos, isso só piora. Minha mãe sempre reclama que a roupa da minha filha é muito quente/fria, que a fralda está apertada, que eu deveria fazer x ou y, enfim... todos querem controlar como vc irá agir.

Nesses três meses como mãe, aprendi que impor limites é fundamental. Minha família não aprova minha filha no meio de tantos bichos (são 15!), mas aprendeu a respeitar meu espaço. É a MINHA casa, a MINHA filha, os MEUS bichos. Eu jamais tiro a Pilar de perto deles, para agradar quem quer que seja. Se vc abrir espaço agora, será um caminho sem volta...

A notícia boa é que depois de algumas briguinhas as pessoas entendem e aprendem a respeitar. Meu pai, que é quem mais se incomoda com essas coisas, hoje fica quieto. Ele vem nos visitar e fica no sofá, com a neta e os gatos, porque entendeu que aqui funciona assim e ponto final.

Acredito que na sua casa será infinitamente mais simples do que na minha, porque um bichinho só é muito mais razoável do que 15, né?! Rs

Provavelmente sua gatinha ficará sentida no começo, especialmente por ter sido isolada e "rejeitada" pelas pessoas. Ela poderá ver sua filha como uma ameaça, exatamente como o irmão mais velho sente, quando o caçula nasce. Pode acontecer dela fazer xixi nas coisas da bebê ou ficar irritada. É normal. Nada que amor e paciência não resolvam.

A gatinha bebê que eu mencionei acima sentiu muito a chegada da Pilar. Ela acha que sou mãe dela e ficou muito enciumada por dividir a atenção. Mas com o tempo foi aceitando e hoje as duas são inseparáveis. Eu amamento com a Paçoca deitada nos pés da Pi.

O mais importante de tudo é vc dar MUITO amor e atenção para a gatinha, para que ela veja que não foi substituída, que ainda há espaço para ela. E também não recomendo restringir o acesso dela aos cômodos da casa. Claro que vc não deve deixar as duas sozinhas, mas não há problema algum em deixá-las juntas durante o dia e só separar na hora de dormir.

Meu pediatra é super renomado e foi o primeiro a dizer que essa convivência é bastante saudável. Existem diversos estudos que comprovam que crianças cercadas de animais são menos propensas a desenvolver alergias e têm a imunidade melhor. A Pilar nunca deu um espirro sequer, até hoje, por ex.

Por fim, encaminho algumas fotos  da minha filhota com a bicharada, para vc ver como eles se amam e ficam bem juntos.

Espero sinceramente que as coisas se acertem e que vc consiga conciliar tudo. Se precisar de dicas ou tiver dúvidas, estou à disposição. O mais importante é agir naturalmente, deixar sua gatinha chegar perto da bebê sem medo (mas sempre com supervisão) e manter vacinas e vermífugos das duas em dia.
Beijos!
Paula"

Agora morram de fofura com as fotos que ela faz da bebê com os gatinhos e cachorrinhos da família!














A Pilar é uma bebê de muita sorte. Filha de gateira mega do bem e só vai conhecer a vida cercada destes seres que a gente taaaaaaanto ama!



segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Fofuras Chinesas

Coisinhas lindas que cruzaram meu caminho na China.

esse pequenino sofreu. foi o primeiro gatinho que encontrei depois de 7 dias de abstinência de amor felino! 

Como todo bom nenê, ele era bem atentado e foi o amiguinho dar as caras que ele começou suas sapequices! Os dois eram de um senhor que tinha uma pequena lojinha de comidinhas e bebidinhas em Guangzhou.

olha só essa carinha!? todo focinhudo!

essa branquelona era de uma vendinha de frutas em Shanghai. Ela era meio da pá virada e não me deixou passar mto a mão. Ameaçou me bater e foi se esconder. Que cara linda, né?!

Ah, esse amarelo. Um caso de amor entre a gente. Fiquei uns 20 minutos nessa loja de sapatos fazendo carinho nele e ele pedia, agarrava a minha mão, batia a cabeça que nem o Banzé. Depois posto um vídeo dessa delícia caruda!

Esse nenê estava a venda numa pet shop que fui pra comprar presente pros meus pequenos. Irresistível esse olhar caolho, né?!

Esse doguinho era de uma senhorinha toda fofa, dona de uma banca de jornal em Shanghai. 

E essa cena!? É por essas e outras que eu tb quero um cachorrinho um dia! Claro que quase perdi, pq até tirar a câmera da bolsa, mas essa cachorrinha não se mexia dessa posição. A dona pedalando e ela em pézinha na cestinha olhando pra ela. De chorar de fofura!

Quase não vi nenhum animal abandonado em Shanghai.

Em Guangzhou cruzei com alguns cachorrinhos e um deles particularmente partiu meu coração de um jeito que cai no choro alí mesmo, no meio da rua. 

Era um pequenino ou pequenina branquinho (a) que parecia um ursinho. De raça e tudo. Ele ficava se oferecendo pra todo mundo que passava, tentando conseguir atenção. Ele até conseguia, era enxotado o tempo todo.

O que mais me chateou ainda foi ver que ele devia estar doetinho, pois estava sem pelos nas costas e no rabinho.

Notei que nenhum destes gatinhos que cruzei eram castrados. Me pergunto o que é feito dos filhotes deles. Em Shanghai não se come cachorro nem gato e eles parecem respeitar e amar mto seus animaizinhos.

Já em Guanzhou...bem, como me disseram por lá, só não se come sola de sapato e pedra. Pensamentos pesados... :-(

De qualquer forma, na China gatos são sinal de boa sorte, como me disse uma chinesinha em uma loja: money, money come.  <3