segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

meu susto, a pressão do Punk, a alergia do Banzé e a importância dos amigos!

Neste final de semana fiquei internada num curso. Aula no sábado e no domingo das 10hs às 18:30hs e passei por um mega aperto.

Sábado, por volta das 15hs o Gil me ligou e disse: “Não quero te preocupar, mas o Panqueca está mto estranho. Está me olhando com uma carinha de quem está pedindo ajuda e eu não sei o que fazer. Os olhos estão baixos e ele está preferindo ficar escondido”.

Pra quem não queria me preocupar, o plano falhou.

 Panqueca: amor, sublime amor.

Eu fiquei automaticamente HISTÉRICA, ainda mais pq estava neste curso e de mãos atadas, pois com dois dias de aula apenas, perder uma tarde é muita coisa! Além do mais, eu fiquei sem entender o que poderia estar acontecendo, já que quando sai de manhã cedo ele estava NORMAL.

O Gil me descreveu a situação do Punk da seguinte maneira: ele está quieto demais, não chega perto de ninguém, quando sai da toquinha fica parado olhando pro nada e tremendo por inteiro e, quando anda, parece estar com dificuldades e tonto, porque está cambaleando um pouco.

OH MY GOD!!! Será que ele comeu alguma coisa venenosa pra ele?

Foi minha primeira reação.

Pedi para dar sachê e ver se ele comia, pq o Gil já tinha me dito que tentou dar bolachinha de whiskas e ele não aceitou.

Também não quis o sachê. Fiquei ainda mais preocupada.

O Gil, neste meio tempo, ligou pra Racu e pro Fábio, um casal de amigos que mora perto de nós. A Racu foi a primeira da turma e ter gatos (a Suri já está com quase 6  anos) e ela seria uma ótima candidata a bater o olho no gato e saber o que poderia estar se passando.

A Racu, com a descrição do quadro, já se adiantou em mobilizar o Fabio e os dois foram correndo pra minha casa buscar o Gil com o Panqueca pra ir pra veterinária.

Eles são os padrinhos dos meus gatinhos, aqueles que ficarão com os meus bebês caso eu e o Gil morramos. Como é importante ter pessoas assim na nossa vida e eu sou ETERNAMENTE grata por toda a assistência que eles nos dão nestes casos. Estamos sem carro no momento e contar com um casal de amigos abrindo mão de um sábado de folga pra levar O SEU BICHO ao veterinário é realmente especial. Amo mto meus amigos!

Racu e Fábio, meu casal de amigos e padrinhos dos meus filhotes.

Imaginem que, acompanhando remotamente esta situação eu estava praticamente MORRENDO de pânico.

bom, foram pra vet. Chegaram na clínica e por volta das 16:30hs o Punk foi chamado pra atendimento.

Neste momento ele já estava um pouco mais animado. A veterinária virou ele de cabeça pra baixo, apalpou, ouviu coração e pulmões e fez um exame de sangue: o bicho está totalmente saudável e devorou uma porção de A/D que ela ofereceu pra ele. Acho que queria dar um rolêzinho!!!

A pegunta logo foi: sua casa é mto quente?

Sim, minha casa é uma sauninha. Se vc não estiver exatamente embaixo do ventilador de teto, a sensação é de sauna seca.

O diagnóstico então foi feito: pressão baixa. Com o calor intenso muitos animais estão sofrendo deste problema transitório e perfeitamente contornável com a devida ventilação.

A veterinária ordenou que, nos dias de sufoco, os ventiladores em casa estejam funcionando em potência máxima!!!

Eu que ficava diminuindo o ventilador com medo de deixar os bichos gripados agora tenho a chancela da veterinária pro sonho do meu namorado: vento, ventania!

O Gil e a Racu aproveitaram pra mencionar que o Banzé anda com a respiração acelerada (pra quem não lembra, ele tem a traqueia com estreitamento em um ponto, o que ocasiona em dificuldade de respirar de vez em quando e tosse).

Banzé, o delício mais bunício de traqueia estreita!

A veterinária perguntou se tinha obra em casa...bobagem! Estão demolindo um hotel GIGANTE vizinho ao meu prédio e vão subir mais umas 3 torres de prédio depois. É obra pra mais de ano!

Pronto. Banzé alérgico. Também muito comum!

Vcs acreditam? um de pressão baixa e outro alérgico? Queria só dividir com vcs estes casos, pois tão aí duas coisas que eu não conhecia mto bem.

Uma amiga minha, a Mariana, dona da gatinha deusa aqui abaixo, tb me contou que os dela estão sofrendo horrores com o calor e de vez em quando parecem estar estressados, de língua de fora e ofegantes. Ventilador neles, pessoal!

Cecília, a deusa trica pufosa e calorenta!

Esta semana vou postar mais coisas. A rifinha com os brindes lindos está pra sair do forno e quero ver todo mundo ajudando. É uma causa suuuper nobre!

Bjs e até mais.

4 comentários:

  1. May, que babado! Coitadinho do Punk!!! Todo caloroso de pressão baixa... e pobrecito Banza que era de rua, mas é alérgico a pó poxa! hahaha... Enfã, estou aqui pro que precisar. Apesar de não ser a madrinha, conte comigo ÉVA.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu sei amada. vc é a segunda madrinha, se morre tudo nóis junto os meus gatos são seus! ahahahahaha :)
      obrigada por existir.
      bjs

      Excluir
  2. Mayzoca....seus meliantes são lindões...mas a Cecília é uma diva, não!!

    ResponderExcluir
  3. Nunca pensei em padrinhos... tenho dois filhos, mas será que eles arcariam com toda a minha trupe? são só 30....(é...eu sei, mas brotam da terra, quando chove cai em casa...essas coisas...) distribuir entre pessoas queridas seria um bom caminho...

    ResponderExcluir